Halee Rathgeber Murder: Onde está Isaiah Hagan agora?

Halee Rathgeber, de 20 anos, foi encontrada morta perto do Complexo de Futebol Alcoa, perto de Newburgh, Indiana, em uma terrível reviravolta. A pequena cidade ficou petrificada após o assassinato horrível enquanto os oficiais da lei tentavam ao máximo descobrir o motivo por trás disso. 'Murder Loves Company: Friends to the End', da Investigation Discovery, leva o espectador através dos eventos horripilantes e mostra como uma investigação policial eficiente colocou o perpetrador atrás das grades. Vamos nos aprofundar nos detalhes e descobrir onde o assassino está no momento, certo?

Como Halee Rathgeber morreu?

Halee era uma jovem alegre e vibrante de 20 anos apaixonada pela vida. Ela adorava ajudar as pessoas e trouxe um sorriso ao rosto de todos. Halee também era uma estudante brilhante que desejava fazer o bem neste mundo. Portanto, ela estava cursando enfermagem na University of Southern Indiana. Além disso, para se sustentar, ela até conseguiu um emprego no restaurante Texas Roadhouse. A jovem brilhante faz muita falta até hoje.



Em 24 de abril de 2017, o corpo de Halee foi localizado no estacionamento de um complexo de futebol na zona rural de Indiana. O Complexo de Futebol Alcoa em Newburgh fica a cerca de 24 quilômetros de Evansville, onde a vítima trabalhava. As autópsias iniciais determinaram que a vítima havia sofrido um único tiro na cabeça, o que provou ser a razão de sua morte. No entanto, a polícia não foi capaz de apresentar qualquer tipo de evidência forense ou física para basear sua investigação. Além disso, a chave, a carteira e o celular de Halee foram encontrados desaparecidos da cena do crime.

Quem matou Halee Rathgeber?

Sem evidências físicas ou forenses para trabalhar, os policiais recorreram a entrevistar pessoas relacionadas com a vítima. Por meio das entrevistas, os policiais souberam que Halee havia sido questionada anteriormente em um caso de assassinato não relacionado envolvendo seu amigo Thaddeus Rice. Se a vítima acabasse fornecendo informações cruciais sobre Rice, seria o motivo perfeito para o assassinato. No entanto, os detetives logo determinaram que Rice não fazia parte do crime.

De acordo com o programa, outra pessoa suspeita dos detetives era Isaiah Hagan, um conhecido de Halee. A investigação policial revelou que Isaiah era conhecido por emprestar ou roubar dinheiro de várias pessoas e também havia tirado algum dinheiro de Halee. De acordo com o programa, os policiais acreditavam que Halee poderia ter emprestado algum dinheiro a Hagan, que mais tarde se tornou um tópico de discórdia entre eles. Além disso, o programa mencionou como as autoridades entraram em contato com Halee e um conhecido mútuo de Hagan, Jake, que confirmou que Hagan encontrou a vítima na noite do assassinato. Jake mencionou ainda que Hagan deixou a vítima no Complexo de Futebol Alcoa, insistindo que ela deveria se encontrar com outra pessoa.

Acreditando que o dinheiro seja o motivo por trás do assassinato, os investigadores decidiram fazer uma busca na casa de Hagan e recuperaram uma toalha com o sangue de Halee. Além disso, os registros telefônicos de Hagan também o informavam sobre a hora e o local do crime. Embora o suspeito tenha insistido em suas evidências e alegado que saiu da área depois de deixar Halee, a polícia não acreditou nele. Em vez disso, Isaiah Hagan foi preso e acusado do assassinato de Halee.

Onde está Isaiah Hagan agora?

Uma vez apresentado no tribunal, Isaiah Hagan se declarou inocente das acusações contra ele. No entanto, o primeiro julgamento terminou em um anular o julgamento como um jurado viu Hagan na prisão, o que pode ter afetado seu julgamento. No novo julgamento subsequente, a mãe de Hagan, Donna Hagan, testemunhou e testemunhou que ela sabia sobre o assassinato. Ela afirmou que Hagan havia confessado a ela sobre o assassinato acidental de Halee e alegou que seu filho havia jogado a arma do crime em uma lixeira.

O testemunho de sua mãe e as poucas evidências circunstanciais ajudaram a condenar Isaiah Hagan por assassinato, obstrução da justiça e roubo que resultaram em lesões corporais graves. Com base em sua condenação, Hagan foi condenado a 60 anos de prisão em 2016. Desde então, ele tentou apelar de sua condenação e fazer com que ela fosse anulada, mas sem sucesso. Isaiah Hagan está cumprindo atualmente sua pena de prisão na Penitenciária de Pendleton em Pendleton, Indiana, e tem uma possível data de soltura em 2062.

Copyright © Todos Os Direitos Reservados | cm-ob.pt