Como Charles Sinclair morreu? Onde está Pam Jacobs agora?

Charles Sinclair era um suposto serial killer apelidado de Coin Shop Killer, que deixou um rastro de cadáveres por todo o oeste a partir dos anos 1980. Ele viveu uma vida nômade com sua família, mudando constantemente de um estado para outro e mudando sua aparência. Em ‘Evil Lives Here: Our Secret Identity’, da Investigação Discovery, a filha de Charles, Pam Jacobs, compartilha sua experiência enquanto crescia e, mais tarde, lutava para se reconciliar com as ações de seu pai. Então, se você está se perguntando o que aconteceu com Charles e onde Pam pode estar agora, aqui está o que sabemos!

Quem foi Charles Sinclair?

Charles Thurman Sinclair era o caçula de quatro irmãos e nasceu em Jal, Novo México. O pai de Charles morreu quando ele ainda era jovem e, depois que cresceu, ele abriu uma loja de moedas em Jal durante os anos 1970. Mais tarde, ele se casou com Debbie e teve dois filhos, Pam e Michael. Charles expandiu para a venda de armas e teve um período de sucesso até que a loja pegou fogo em 1985. Houve suspeita de incêndio criminoso, mas nenhuma acusação foi apresentada. No entanto, depois de perder seu sustento, Charles deixou de pagar os pagamentos bancários e acabou deixando a cidade com sua família. Isso deu início à saga de constantes mudanças até que ele foi finalmente preso em Kenny Lake, no Alasca.



Em 31 de julho de 1990, o duplo assassinato de Charles Sparboe e Catharine Newstrom em Billings, Montana, deu início a uma intensa investigação. Charles era dono de uma loja de moedas e Catharine trabalhava como assistente lá. Ambos foram baleados na cabeça e a loja foi roubada. O filho de Charles foi capaz de descrever um homem que frequentou a loja recentemente. Quando esse esboço foi repassado à força policial em diferentes estados, as autoridades reconheceram crimes semelhantes em suas cidades.

O atirador ia a essas lojas de moedas várias vezes, estabelecendo-se como um comprador interessado ao falar sobre moedas. Então, ele voltaria na hora em que a loja fechasse. O atacante então atiraria e mataria suas vítimas antes de roubar a loja. Outro ataque semelhante em Murray, Utah, fez a vítima sobreviver a um tiro na cabeça. Kelly Finnegan, dona de uma loja de moedas, também conseguiu fornecer à polícia uma descrição de seu agressor.

Casos semelhantes foram arquivados em Washington, Indiana, Califórnia e Missouri entre 1980 e 1988. As autoridades em Washington sugeriram o nome J.C. Weir, que era um pseudônimo de James Sinclair. Ele foi rastreado até Kenny Lake e foi preso lá em 13 de agosto de 1990. No momento da prisão, ele tinha um dos relógios de Kelly em sua posse. Uma busca nas unidades de armazenamento da família em Washington revelou mais evidências incriminatórias.

Como Charles Sinclair morreu?

Após a prisão de Charles, as autoridades o consideraram um suspeito em vários assassinatos. Além dos roubos a moedas que aconteceram em diferentes estados, a polícia pensou que ele estava envolvido em dois incidentes em agosto de 1986: o desaparecimento de um casal californiano de férias em Washington e a agressão sexual de um agente imobiliário. Outro caso ao qual esperavam ligá-lo era o sequestro e assassinato de um casal canadense em novembro de 1987, onde a mulher foi estuprada.

Mas Charles nunca foi a julgamento porque foi encontrado morto em uma cela de prisão em Anchorage, Alasca, em 30 de outubro de 1990. As autoridades afirmaram que ele morreu de ataque cardíaco. O homem de 44 anos consumia medicamentos para hipertensão e dores na época. No final, Charles nunca foi questionado pela polícia sobre nenhum dos crimes. Ao todo, a polícia suspeitou que ele cometeu pelo menos 12 assassinatos.

Onde está Pam Jacobs agora?

No programa, Pam afirmou que nunca viu seu pai depois de ser presa em agosto de 1990, mas ele havia escrito uma carta para a família enquanto estava na prisão. Pam e seu irmão tinham uma imagem diferente do pai até a prisão, de acordo com um amigo, que disse que Charles fez um grande esforço para ensiná-los sobre os animais, ensinou-lhes muito sobre si mesmos, sobre ser independente e autossuficiente. Pam também falou sobre a luta para aceitar as ações de seu pai e disse que, de alguma forma, se sentia responsável por elas. Pam parece estar muito melhor agora, embora tenha se mantido discreta. Informações sobre seu paradeiro atual parecem ser escassas.

Copyright © Todos Os Direitos Reservados | cm-ob.pt