O FBoy Island é roteirizado ou real?

Crédito da imagem: Daniel Jirah/HBO Max

Se você já se perguntou se os FBoys podem se reformar com o tempo, o HBO Max’ Ilha FBoy ' é o show a seguir. Como o título sugere, a série empresta seu nome da gíria coloquial “fuckboy” e se apresenta como um reality show de namoro com um toque emocionante. Segue três mulheres solteiras que estão procurando seus parceiros perfeitos de um grupo de 26 concorrentes do sexo masculino. No entanto, sem o conhecimento das mulheres, metade dos pretendentes são caras legais, enquanto a outra metade são FBoys, competindo apenas pelo prêmio em dinheiro. Em última análise, o programa assume a forma de um experimento social que testa se o amor pode fazer os FBoys mudarem de vida, mesmo quando são tentados por dinheiro vivo.

Sendo um reality show de namoro, ‘FBoy Island’ serve uma porção saudável de romance fumegante e drama de alta octanagem, que pode parecer roteirizado para os espectadores. Além disso, algumas situações também parecem pré-planejadas, fazendo com que os espectadores questionem se a série HBO Max é falsa. Bem, vamos descobrir, não é?

A Ilha FBoy é real ou falsa?

Desde a sua criação, FBoy Island tem sido apresentada como uma série sem roteiro, e não vemos razão para acreditar no contrário. No entanto, os espectadores devem ter em mente que, durante a pós-produção, os produtores de reality shows geralmente adoram mudar a narrativa para fazer com que as partes mais dramáticas se destaquem para o público. Dito isto, 'FBoy Island' verifica todas as caixas de um programa de TV sem roteiro, pois promete que tudo o que vemos em nossas telas de TV é bastante genuíno, pois os produtores não pré-escrevem uma cena ou planejam uma ação para reproduzir na frente da câmera.



Crédito da imagem: Ramon Naquid/HBO Max

Permanecendo fiel às suas raízes como uma série de namoro sem roteiro, ‘FBoy Island’ lança uma luz autêntica sobre todos os seus concorrentes. Na verdade, todos são bastante abertos sobre seus pontos fortes e fracos, que muitas vezes vêm à tona durante as muitas interações no programa. Por outro lado, os FBoys são bastante honestos sobre suas intenções e são verdadeiros na frente da câmera. Curiosamente, o programa visa promover o empoderamento das mulheres, dando às mulheres o poder de escolha. No entanto, eles nunca são apresentados como seres perfeitos e, em vez disso, as mulheres falam livremente sobre seus problemas passados ​​na televisão nacional.

Enquanto as personalidades autênticas aumentam a emoção do show, os produtores nunca interferem nos procedimentos. Assim, as mulheres são livres para escolher com qual de seus possíveis parceiros desejam sair e a atividade que desejam realizar durante o encontro. Além disso, ao passar um tempo com um pretendente em potencial, o casal se comporta como se não houvesse câmeras presentes e muitas vezes revela seus segredos mais profundos e sombrios para todos ouvirem. Além disso, eles também são bastante genuínos sobre sua demonstração de afeto, e o programa não se esquiva de documentar sessões de amassos fumegantes, dramatizando ainda mais a narrativa. Por outro lado, nenhum dos participantes se detém durante uma disputa, e muitas vezes momentos tão intensos ajudam a revelar as verdadeiras cores de um competidor.

Crédito da imagem: Ramon Naquid/HBO Max

Dito isto, ‘FBoy Island’ é, afinal, um reality show, e os participantes têm que cumprir as regras estabelecidas antecipadamente pelos produtores. Além disso, mesmo uma série sem roteiro é submetida a manipulações, ainda que sutis, para manter o público interessado. Assim, mesmo que a narrativa apresentada a nós possa não conter o quadro completo, podemos dizer com segurança que ‘FBoy Island’ é tão autêntico quanto um programa pode ser na televisão moderna.

Copyright © Todos Os Direitos Reservados | cm-ob.pt