Temporada de contos 3: data de estreia, elenco, recapitulação, atualização

‘Tales’ é uma antologia de série dramática americana que estreou em 27 de junho de 2017 em APOSTA (Black Entertainment Television) que é propriedade da divisão Bet Networks da Viacom. A série é descrita como uma antologia musical, pois o programa usa letras de clássicos e hip-hop canções e ficcionalizá-los em curtas-metragens, cada um dirigido por um conjunto diferente de diretores.

‘Tales’ também atraiu um grande número de seguidores, especialmente fãs de hip hop e pessoas cientes das questões sociais. Recebeu elogios da crítica por ser capaz de explorar as poderosas capacidades de narrativa do rap, do qual o programa toma emprestado suas narrativas.

Elenco de contos: Quem está nele?

O elenco de ‘Tales’ varia em cada episódio da temporada, pois é uma série de antologia e não há ligações entre os episódios. Alguns dos membros do elenco que apareceram no show são Boris Kodjoe, Tami Roman e Demetrius Shipp Jr., que interpretou o papel de Tupac Shakur em ‘All Eyez on Me’.



Na 2ª temporada, vimos Rick Ross, o rapper americano com canções como ‘Purple Lamborghini’ em seu currículo, destaque no show, tendo feito aparições anteriormente no remake de ‘Superfly’. Ross foi acompanhado por Bella Thorne de ‘You Get Me’ e ‘The Babysitter’, junto com Scarface, Grace Buyers, DeRay Davis, entre outros.

Se a 3ª temporada for encomendada, você pode esperar vários rostos novos e alguns famosos para fazer uma aparição no show.

Leia mais na prévia da TV: Comportamento Doente | O turno da noite

Trama de contos: Do que se trata?

‘Tales’ é inspirado em músicas antigas e atuais de hip-hop que são transformadas em histórias. As narrativas são visualmente deslumbrantes e abordam uma ampla gama de questões, como 'Black Lives Matter', brutalidade policial, opressão socioeconômica que os negros enfrentam. Quando a história do hip hop é remontada, não é difícil entender por que o show se baseia suas narrativas sobre os títulos das músicas. O hip hop sempre foi uma contracultura, indo contra as normas da sociedade e cuspindo no microfone toda a angústia contra a opressão. Desde nomes como o Dr. Dre alegando que ainda não amam a polícia, até NWA, o grupo de Compton, que colocou sua mensagem de que sem uma arma e um distintivo, os oficiais opressores eram apenas mais uma pessoa esperando para ser baleada na rua por pessoas que não seriam mais oprimidas. A música rap frequentemente alertou as pessoas sobre as notícias da sociedade negra, com Chuck D do Public Enemy chamando o rap de 'a CNN negra'. ‘Tales’ faz do rap a fonte das histórias, não das manchetes, literalmente pegando emprestado o enredo dos episódios de suas letras.

Em retrospecto, o hip-hop parece um meio muito bom para se adaptar a uma série, já que tem uma narrativa forte, incidentes, drama intensificado. Alguns dos episódios notáveis ​​do programa são baseados na popular canção de protesto de N.W.A. 'Fuck tha Police', que retrata uma América onde os negros são dominantes e oprimem os brancos. O racismo reverso envia uma mensagem provocativa e é uma ferramenta eficaz para explicar como o racismo sistemático e a opressão funcionam nos EUA. A mensagem de violência policial também é particularmente relevante no momento de ‘Black Lives Matter’. Outros episódios também foram retirados de títulos notáveis ​​de hip hop como 'I Got a Story to Tell' de The Notorious B.I.G. e 'Problemas de 99' de Jay Z.

O que realmente se destaca no show é como as letras de hip-hop podem dar origem a histórias inteiras e como essas histórias são relevantes nos tempos modernos. 'Tales' não tem medo de ser politicamente franco como o próprio hip-hop, e uma de suas críticas mais contundentes do clima político atual na América vem no próprio episódio de estréia, onde os negros dominados pela América têm 'America Iterum Firmanda Est' como seu lema. Esta frase latina traduz aproximadamente para Make America Great Again, que tem sido o grito de guerra repetido do conservadorismo e uma América branca do atual presidente Donald Trump e seus seguidores.

A série também apresenta um olhar distópico sobre a situação em que um movimento social como o BLM (Black Lives Matter) é considerado inimigo do Estado. Ele não tem medo de fazer as perguntas realmente difíceis sobre para onde a sociedade americana está se dirigindo e que posição os negros e outras pessoas de cor marginalizadas ocupam nessa sociedade. A série não aborda apenas questões sociais, mas lida com os personagens em todos os episódios de uma forma muito humana, mostrando uma ampla gama de emoções, e lida com a essência, esperanças e ambições desses personagens com destreza e um toque de nuance.

Na segunda temporada, as músicas transformadas em episódios incluem 'My Life' de Mary J. Blige, 'I Gave You Power' de Nas, 'Ex Factor' de Lauryn Hill, 'Bodak Yellow' de Cardi B, 'Slippery' de Migos e Gucci Mane ', Geto Boys' 'Mind Playing Tricks on Me', 'XO TOUR Llif3' de Lil Uzi Vert, e uma explosão do passado, 'Deep Cover' de Dr. Dre e Snoop Dogg.

Será interessante ver quais músicas os criadores escolherão para a próxima temporada.

Data de lançamento da 3ª temporada de Tales: Quando vai estrear?

A 2ª temporada de 'Tales' estreou em 2 de julho de 2019 e terminou seus 10 episódios em 3 de setembro de 2019. Com base na resposta que o programa recebeu, há uma boa chance de que ele seja renovado por mais uma temporada. Se isso acontecer, atualizaremos esta seção com a data de lançamento da terceira temporada de 'Contos'.

Trailer de contos:

Enquanto esperamos pela terceira temporada de 'Contos', confira o trailer e os episódios anteriores no programa Página Oficial .

Copyright © Todos Os Direitos Reservados | cm-ob.pt