Truth Be Told 1ª temporada, recapitulação e finalização, explicada

‘Truth Be Told’ é uma série de drama de mistério na Apple TV + que gira em torno de um assassinato de décadas. Pensada originalmente como sendo obra do filho de um vizinho de 16 anos, a revelação de novas evidências faz com que a jornalista e podcaster Poppy Parnell investigue mais uma vez o caso quando começa a suspeitar que o homem que está na prisão há 19 anos pode apenas seja inocente.

As melhores VPNs para Netflix
CyberGhost VPNMelhor VPN Netflix
Política de não registro
Proteção Wi-Fi
Garantia de devolução de dinheiro

Temos uma garantia de reembolso de 45 dias, para que você tenha tempo suficiente para testar os aplicativos e ver se eles são adequados para você.
Ver oferta
Surfshark VPNVPN mais barata
Dispositivos ilimitados
Melhor segurança
Melhor velocidade


A partir de apenas US $ 2,49 por mês, é uma opção premium fantástica que é incrivelmente simples de usar. O desbloqueio da Netflix dos EUA é sua especialidade no momento.
Ver oferta

Sua busca pela verdade a leva a uma longa e complicada jornada carregada de segredos e dilemas morais, tanto que a própria vida do jornalista começa a desmoronar. As revelações no final são surpreendentes, e o caminho para chegar até elas, mais ainda. Vamos dar uma outra olhada no que acontece na 1ª temporada de ‘Truth Be Told’ e como o mistério termina. SPOILERS ADIANTE.

Recapitulação da primeira temporada de Truth Be Told

A primeira temporada começa com o assassinato do talentoso escritor e professor Chuck Buhrman, cuja esposa Erin e duas filhas Lanie e Josie o encontram morto a facadas em sua casa após uma festa de Halloween. Warren Cave, de 16 anos, filho de um casal vizinho, é visto pulando por cima de sua cerca viva por Lanie e, assim que suas impressões digitais são encontradas na casa de Buhrman, seu destino está selado.



Retratado como um assassino sem coração na imprensa (predominantemente por meio de artigos de Poppy, que está apenas começando como jornalista), o jovem Warren é julgado como um adulto e acaba preso por toda a vida quando tem 17 anos. No entanto, 19 anos depois, Poppy assiste ao testemunho de Lanie em fita e começa a suspeitar que a jovem estava mentindo. O fato de a arma do crime nunca ter sido recuperada a leva a reexaminar o caso.

Depois de abordar Warren e sua mãe Melanie, que está nos estágios finais de câncer terminal, Poppy inicia uma série de podcast para compartilhar sua investigação. Também descobrimos que ela é em grande parte motivada por sua culpa por retratar Warren como um monstro em seus artigos todos aqueles anos atrás, um sentimento que se complica ainda mais quando ela descobre que ele agora é um nazista. No entanto, ela decide continuar sua investigação e então é abordada pelo pai de Warren, Owen, que pede a ela para não reabrir velhas feridas.

Enquanto ela vai mais longe, Poppy percebe que o álibi de Owen é fraco e que sua esposa estava tendo um caso com a vítima. Ela anuncia isso em seu podcast, resultando na suspensão de Owen de seu posto de Chefe de Polícia e sua esposa o deixando. É finalmente revelado que não era Owen quem estava por trás do assassinato de Chuck, mas então, é tarde demais, e o homem enlutado invade a casa de Poppy e comete suicídio na frente dela.

As suspeitas de Poppy recaem brevemente sobre Warren. No entanto, quando é descoberto através do diário de infância de Lanie que ela era regularmente molestada por seu pai, a suspeita recai sobre sua mãe, esposa de Chuck - Erin, que supostamente matou seu marido para proteger sua filha. O álibi da viúva também é fraco, e Poppy finalmente a convence a aparecer no podcast e revelar a verdade a todos os ouvintes.

No entanto, antes que ela pudesse, Erin é morta por sua filha Lanie, que a administra com Fentanyl. Logo depois, Lanie é demitida de seu emprego como cuidadora em fim de vida por comportamento inadequado e roubo de drogas de seu cliente, deixando ainda mais claro que ela deu a sua mãe a dose fatal. Seus registros psiquiátricos da época, além de diagnosticá-la com psicose e uma obsessão doentia por sua irmã, também mostram que seu conselheiro suspeitava que Lanie mentia sobre ter sido molestada para causar um desentendimento entre sua irmã Josie e seu pai.

Truth Be Told Fim da primeira temporada: Who Killed Chuck Buhrman? O que acontece com Lanie e Josie?

Poppy se aproxima de Josie e a avisa sobre sua irmã gêmea, que é suspeita de matar seus pais. Sendo a tímida das duas, Josie concorda em ajudar Poppy a procurar a arma do crime evasivo e a leva a um local que ela se lembra de ter visto Lanie enterrar um pássaro morto quando criança. Lá, eles descobrem uma escultura de prata de um pássaro coberto de sangue. Enquanto ela olha para ele, as memórias voltam à mente de Josie, e ela percebe que foi ela (Josie) que matou seu pai para salvar sua irmã de ser molestada. Ela diz a Poppy como tal, e então vemos Lanie e Josie irem às autoridades e colocar a culpa em sua mãe. Lanie admite ter mentido em seu testemunho anos atrás, e Warren finalmente é libertado.

A primeira temporada termina com Josie e Lanie se encontrando em um café, onde relembram sua infância e como Lanie sempre foi extremamente ligada a Josie. A primeira parece muito feliz por se reencontrar com sua irmã, mas fica chocada quando a polícia aparece e a prende pelo assassinato de sua mãe. Em seguida, vemos Poppy gravando o episódio final de seu podcast, que ela fecha com uma nota pensativa, comentando sobre a jornada de mudança de vida de todos os envolvidos.

Nós, portanto, fechamos o mistério serpentino do assassinato de Chuck e ficamos a par de uma série de segredos obscuros ao longo do caminho. O programa pinta com maestria vários suspeitos, um após o outro, cada um com motivos convincentes para cometer o crime e, como a maioria dos grandes mistérios de assassinato, termina com um personagem improvável sendo o verdadeiro assassino. Josie, a tímida dos dois gêmeos, é finalmente revelada como a assassina de seu pai, Chuck Buhrman. Pela forma como ela reage ao desenterrar a arma do crime (a escultura de prata do pássaro), parece que a própria Josie bloqueou a memória todos esses anos, que voltou correndo quando ela segurou a escultura manchada de sangue em suas mãos novamente.

Apesar de Josie confessar, Poppy não consegue revelar o mesmo ao público. Isso ocorre porque Josie também é vítima de suas circunstâncias e matou seu pai, pensando que ele estava molestando Lanie. É claro que foi revelado que Lanie mentiu sobre isso para causar uma rixa entre Josie e seu pai. Sua obsessão por sua irmã Josie, juntamente com uma série de transtornos mentais (conforme descrito por seu conselheiro) de que Lanie sofria, é a verdadeira causa da morte de Chuck Buhrman.

Embora as duas irmãs atribuam o assassinato a sua mãe Erin, Lanie é então presa pelo subsequente assassinato de Erin, que ela fez parecer um suicídio. O destino de Josie, que ajuda a fazer sua irmã ser presa, permanece desconhecido. Deixada sem família, exceto por sua irmã encarcerada e abandonada por seu marido Caleb (que está assustado com as mentiras de Lanie), é provável que Josie mais uma vez faça uma nova identidade para si mesma e tente seguir em frente com as experiências traumáticas.

O que acontece com Warren Cave?

Depois de passar 19 anos - mais da metade de sua vida - na prisão, Warren é finalmente libertado depois que Lanie e Josie dizem às autoridades que foi sua mãe que matou Chuck. Não se sabe se ele recebe alguma indenização pelos anos que perdeu na prisão, mas ele conhece sua mãe antes que ela falhe de câncer. Pouco antes de ser libertado da prisão, quando teme ser morto, Warren também apaga todas as tatuagens nazistas que tem em seus braços, essencialmente descartando qualquer associação que tenha com a Irmandade Ariana. Ao remover as tatuagens, ele diz que está fazendo isso para salvar sua alma.

Copyright © Todos Os Direitos Reservados | cm-ob.pt